Estou Começando o Meu Negócio. O que eu faço?

Despesas Fixas. Livre-se delas!
setembro 12, 2017
COWORKING FUNCIONA?
outubro 16, 2017

Estou Começando o Meu Negócio. O que eu faço?

 

Está pensando em ter seu próprio negócio e tem dúvidas de como começar? Já iniciou a empreender e encontra dificuldades de como alavancar e começar a ganhar dinheiro? Está perdendo o sono só de pensar nas despesas que tem de arcar no seu novo negócio? Você é um dos milhões de brasileiros que abriu, recentemente, seu negócio próprio ou está pensando em abrir e está cheio de dúvidas para seguir em frente?

Em pesquisa realizada pelo GEM – Global Entrepreneurship Monitor, conduzida atualmente no Brasil pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) em parceria com o SEBRAE, identificou quais os principais sonhos dos brasileiros. Entre os 3 primeiros estão: Viajar pelo Brasil (50,2%), Comprar a casa própria (48%) e Ter seu próprio negócio (43,5%). O sonho de ter um negócio próprio superou em muito o desejo de ter uma carreira em uma empresa. Mas quais são os principais desafios para realizar este sonho?

Em pesquisa recente “Desafios dos Empreendedores Brasileiros”, realizada pela Endeavor, com apoio da Neoway e Datafolha, com quase 1000 empreendedores brasileiros dos mais variados perfis, revelou os principais incômodos que os empreendedores enfrentam ao iniciar um novo negócio. São eles:

1) Gestão de Pessoas

A gestão de pessoas aparece em primeiro lugar na pesquisa e já era esperado, pois a grande maioria dos empreendedores não está preparada para gerenciar pessoas e, muito menos, para desenvolver e delegar. Na maioria das vezes, os empreendedores são pessoas que tem um conhecimento técnico ou uma paixão pela área que atuam e não foram preparados para lidar com conflitos interpessoais e desenvolver lideranças.

2) Gestão Financeira

A gestão financeira vem logo atrás na pesquisa e acredito, que em determinados momentos, como os de crise econômica, deva ser a principal dor dos empreendedores. As dificuldades financeiras começam pela falta de planejamento. A maioria dos empreendedores não faz um planejamento adequado do seu empreendimento, subestimam despesas e superestimam receitas, gerando um total desequilíbrio entre receita/despesa. Isto também está associado ao fato da maioria das pessoas não terem um conhecimento adequado, nem mesmo, hábitos de educação financeira.

3) Burocracia

A terceira maior dor dos empreendedores está relacionada a burocracia e, mais especificamente, à área tributária. Esta dor começa na burocracia para um empreendedor abrir o seu negócio próprio e segue para cumprir as diversas leis. As leis trabalhistas, por exemplo, são as mesmas para uma grande empresa ou um pequeno negócio. Apesar do Simples Nacional, que foi um avanço para os pequenos negócios, ainda sim, a burocracia causa muita preocupação e tira o sono de grande parte dos novos empreendedores brasileiros.

4) Inovação

A quarta maior preocupação dos empreendedores brasileiros está na inovação. E isto tem ligação direta com o cenário atual em que vivemos, com avanços tecnológicos constantes e um aumento considerável a cada dia da concorrência. Os empreendedores percebem a inovação como um fator critico de sucesso para diferenciar-se da concorrência e despertar a atenção do mercado e dos potenciais clientes. Só que a grande maioria dos pequenos empreendedores não tem fôlego financeiro para manter um índice de inovação permanente. Quanto mais tecnológico for o empreendimento, mais crítico é este fator.

5) Marketing e Vendas

Chegamos a quinta maior dor dos novos empreendedores, marketing e vendas. Apesar de estar nesta posição, eu refuto marketing e vendas como o principal fator crítico de sucesso de qualquer empreendimento. Senão, vejamos: se uma empresa não vender, seus problemas financeiros serão maximizados, os de pessoal nem se fala, inovação nem pensar e a burocracia fica em último plano. Se pensarmos o contrário, o novo negócio está tendo uma ótima procura e vendendo muito, o que preocupa? Aí sim, vem as demais preocupações. Faz sentido isto para você?

Então, para finalizar este artigo, quero deixar aqui 3 dicas para você que está começando um novo empreendimento e, incluo aqui, os profissionais liberais, como advogados, médicos, dentistas, terapeutas, consultores, etc.

Dica 1) Preparação

Antes de mais nada, dedique um tempo para se preparar. Ninguém consegue alcançar o sucesso sem uma boa preparação. Leia livros, artigos e revistas, participe de cursos, seminários e grupos de discussão nas redes sociais, tenha acesso a pesquisas de mercado na área de interesse, converse com outras pessoas que já passaram por esta experiência, visite outros empreendimentos, especialmente, aqueles que serão seus futuros concorrentes.

Dica 2) Planejamento.

Após ter um bom conhecimento sobre como empreender e da sua área de conhecimento, é preciso elaborar um bom plano de negócio, avaliando, profundamente, todos aspectos que o cercam: pessoal, investimentos, segmentos alvo, posicionamento, formas de comunicação com o mercado, despesas fixas e variáveis, concorrência, entre outros. Mapear, no mínimo, 3 cenários: um mais pessimista, um conservador e um otimista, elegendo aquele que, no momento, se apresenta com maior probabilidade.

Dica 3) Mindset

A terceira dica que deixo para você que está iniciando um novo empreendimento é que tenha um Mindset Progressivo, isto é, tenha atitudes mentais que estejam sempre em crescimento, que não sejam fixas. Isto significa estar aberto a todas as possibilidades, estar aprendendo sempre, aceitar a mudança como algo natural e permanente, ter um pensamento positivo e entender que os resultados dependem muito mais das suas decisões do que as influências do cenário externo. Se os resultados que está obtendo não estão de acordo com as suas expectativas, procure fazer diferente.

Sei que empreender é um grande desafio, ainda mais no nosso país, mas já passei por isto diversas vezes e posso te afirmar que se iniciar aplicando as 3 dicas que te apresentei aqui, teu início será muito promissor. Nos próximos conteúdos estaremos abordando outros desafios do empreendedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *